17 agosto 2010

Dengue



Olá, minha gente querida!

Quero agradecer pelas felicitações ao meu aniversário, muito obrigada mesmo meninas!
Bom, minha gente hoje Victor acordou com as bochechas super vermelhas e quentes, na madrugada teve febre, decidimos levar pro hospital, chegando lá depois de 2 horas esperando, a pediatra nos atendeu e pediu um hemograma com contagem de plaquetas, pois suspeitou que poderia ser dengue, fizemos e realmente as plaquetas estavam um pouco baixas, então ela pediu pra refazermos o exame amanhã pra confirmar. Pois é, mesmo com todo cuidado, não deixando água parada e tal, usando repelente, mesmo assim ele pode estar com dengue, por isso que todo mundo tem que fazer sua parte no combate à dengue, isso inclui nossos governantes, que na maioria das vezes só abrem os olhos quando há uma epidemia, infelizmente!

Graças a Deus ele não está tão molinho, ele brinca, anda, corre, só está sem querer o leitinho e almoçar, o que ele ainda aceita é vitaminas de frutas, biscoito maria, e frutas em geral e claro bastante água.

A pior parte, pra mim, é na hora de dar remédio, ele não aceita e temos que dar à força, é horrível, ele chora, esperneia, fica me olhando com aquela carinha, como se perguntasse: mamãe, porque você tá fazendo isso comigo? nossa, meu coração fica em pedaços, mesmo sabendo que é para o bem dele, é horrível!

Bom, minhas queridas é isso, peço que orem/rezem pelo Victor, pois juntas somos mais fortes, né?!

Grande beijo!

Segue algumas informações sobre a dengue:

A dengue é uma doença infecciosa febril aguda causada por um vírus da família Flaviridae e é transmitida através do mosquito Aedes aegypti, também infectado pelo vírus. Atualmente, a dengue é considerada um dos principais problemas de saúde pública de todo o mundo.

Tipos de Dengue

Em todo o mundo, existem quatro tipos de dengue, já que o vírus causador da doença possui quatro sorotipos: DEN-1, DEN-2, DEN-3 e DEN-4.
No Brasil, já foram encontrados da dengue tipo 1, 2 e 3. A dengue de tipo 4 foi identificada apenas na Costa Rica.

Formas de apresentação

A dengue pode se apresentar – clinicamente - de quatro formas diferentes formas: Infecção Inaparente, Dengue Clássica, Febre Hemorrágica da Dengue e Síndrome de Choque da Dengue. Dentre eles, destacam-se a Dengue Clássica e a Febre Hemorrágica da Dengue.

- Infecção Inaparente
A pessoa está infectada pelo vírus, mas não apresenta nenhum sintoma. A grande maioria das infecções da dengue não apresenta sintomas. Acredita-se que de cada dez pessoas infectadas apenas uma ou duas ficam doentes.

- Dengue Clássica
A Dengue Clássica é uma forma mais leve da doença e semelhante à gripe. Geralmente, inicia de uma hora para outra e dura entre 5 a 7 dias. A pessoa infectada tem febre alta (39° a 40°C), dores de cabeça, cansaço, dor muscular e nas articulações, indisposição, enjôos, vômitos, manchas vermelhas na pele, dor abdominal (principalmente em crianças), entre outros sintomas.

Os sintomas da Dengue Clássica duram até uma semana. Após este período, a pessoa pode continuar sentindo cansaço e indisposição.

- Dengue Hemorrágica
A Dengue Hemorrágica é uma doença grave e se caracteriza por alterações da coagulação sanguínea da pessoa infectada. Inicialmente se assemelha a Dengue Clássica, mas, após o terceiro ou quarto dia de evolução da doença surgem hemorragias em virtude do sangramento de pequenos vasos na pelo e nos órgãos internos. A Dengue Hemorrágica pode provocar hemorragias nasais, gengivais, urinárias, gastrointestinais ou uterinas.

Na Dengue Hemorrágica, assim que os sintomas de febre acabam a pressão arterial do doente cai, o que pode gerar tontura, queda e choque. Se a doença não for tratada com rapidez, pode levar à morte.

-Síndrome de Choque da Dengue
Esta é a mais séria apresentação da dengue e se caracteriza por uma grande queda ou ausência de pressão arterial. A pessoa acometida pela doença apresenta um pulso quase imperceptível, inquietação, palidez e perda de consciência. Neste tipo de apresentação da doença, há registros de várias complicações, como alterações neurológicas, problemas cardiorrespiratórios, insuficiência hepática, hemorragia digestiva e derrame pleural.
Entre as principais manifestações neurológicas, destacam-se: delírio, sonolência, depressão, coma, irritabilidade extrema, psicose, demência, amnésia, paralisias e sinais de meningite. Se a doença não for tratada com rapidez, pode levar à morte.

6 comentários:

Juliana disse...

Owww..
Tadinho do pequeno!!
Melhoras viu????
Muitos líquidos!

Beijinhos!
Ju e Clara

O mundo da Dani disse...

nossaaaaaaaaaa
tadinho
affff essas doenças affffff, fico P da vida, nossos filhotinhos nao podem adoecer...affff
melhoras amiga
to rezando

bjussss

Márcinha disse...

Puxa amiga fiquei triste viu,tu es tão cuidadosa,tadinho do Victor.
Mas se deus quiser não será nada não,Graças a deus ele esta comendo frutinhas e muita agua e não esta molinho.
Olha assim q der nos made noticias.

Fiquem com Deus

mil bjs

Alba Catarina disse...

oww que dó do nenen....
aqui na minha cidade tem varios casos de dengue...tenho muito medo.
Mas amiga daquia pouco o vitor ta bem, espero melhoras...
bjos

Engraçadinha disse...

Tava olhando as fotos dele e nossa... como eles mudam né? A gente mesmo só percebe pelas fotografias.
Muito chato saber q seu Victor tá dodói. O meu do meio, o Sr. Cabeça de Bolinha está se recuperando de uma infecção na garganta. EStá tratando com antibiótico.
A única coisa boa, é que ficamos grudadinhos e eu quase peguei uma gripe, mas valeu conviver mais com ele. É q ele fica na creche em tempo integral porque eu trabalho fora.
Quando puder, apareça lá no blog. Coincidentemente, fiz um post falando sobre o q ele teve.

E é impressionante a carinha q eles fazem e como essas carinhas nos afetam. Como já estou na terceira cria, já boto de frente a enfermeira alemã q existe dentro de mim e não me comovo tanto. É para o bem deles e é isso q me motiva.

Putz, fiz quase um post.
Bj.

Luna disse...

Espero que o seu anjinho esteja melhor. O Felipe também não gosta de tomar remédia, conversando com a Pediatra ela falou que posso colocar na mamadeira, dessa forma ele toma sem ver.

Bjinhos

Related Posts with Thumbnails

Sobre você e eu

Minha foto
Suely Lins
Pernambuco, Brazil
Eu sou a mamãe do Victor, ele é meu grande amor, um sonho realizado, um amor pra vida toda, conheci o amor mais sublime quando você nasceu. Uma menina que tinha um grande sonho de ser mãe, hoje uma mulher realizada, que tem seus altos e baixos, como todo ser humano, mas que quer ser feliz, como mãe, mulher e profissional, não é tarefa fácil, mas estou aprendendo a cada dia, sei tudo sobre bebês ( na teoria) na prática faz alguns meses que estou tendo aulas, o professor? Um filhote lindo, expert em fazer a mamãe feliz, phd em sorrisos lindos e travessuras...nessa escola da vida, serei sempre aluna!
Visualizar meu perfil completo
 

Meu Anjinho Design by Insight © 2009